Indique este site        
 

BOLETIM

Saiba as novidades do site por e-mail e acesse arquivos exclusivos.

E-mail:

 

NOVOS PARADIGMAS

Congelando até a morte

Mas onde estava o frio?

A força da percepção adquire uma aparência estranhamente perturbadora nesta história de um trabalhador ferroviário na Califórnia.

O homem foi enviado para examinar alguma carga em um vagão refrigerado. Enquanto se encontrava dentro do vagão, a porta se fechou acidentalmente, prendendo-o no interior. o homem deixou de marcar o ponto ao final de seu turno, e um colega, ao procurá-lo, o encontrou morto no vagão. As seguintes palavras estavam escritas na parede: "Ninguém está ouvindo meus gritos de socorro. Minhas mãos e meus pés estão ficando mais gelados. Não sei quanto tempo mais posso agüentar".

O lado sinistro desta história é que o vagão havia sido desviado em um ramal porque sua unidade de refrigeração não estava funcionando. A temperatura externa estava acima de 25°C e, embora a temperatura no vagão fosse ligeiramente mais baixa, estava longe do frio. Havia também bastante ar para o homem respirar. Então, o que aconteceu? Sua percepção de congelar até a morte era tão forte que se tornou realidade.

Bill Capodagli e Lynn Jackson

No livro O Estilo Disney (Makron)

Indique esta página para um amigo

 

 

 

Copyright 2002- Virgílio Vasconcelos Vilela

Permitida a reprodução desde que citados o autor e a fonte (obséquio dar conhecimento)